Consciência, Inconsciente Pessoal e Inconsciente Coletivo

 “Contrariando diversas teorias da Psicologia, que consideram que a personalidade humana é formada aos poucos desde a época do nascimento, Jung propunha uma ideia inovadora, pois acreditava que o homem já era um ‘todo’ ao nascer. A personalidade como expressão da totalidade do homem representava, para o psicanalista, o marco final do desenvolvimento humano, de acordo com Calvin S. Hall e Vernon J. Nordby em  Introdução à Psicologia Junguiana (Cultrix)”.

Trecho tirado da Revista Psicanálise, edição de nº 16 Imagem

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s